terça-feira, 28 de julho de 2009

Viver



Viver é inventar o seu dia.
É desconhecer a arrogancia.
Exalar pura energia!
Fazer poemas de amor.
Devolver sorrisos.
Acreditar que o bem vence o mal sempre.
Enfeitar o coração com cores!
Conquistar amigos e ser sempre leal e fiel.
Transformar a dor em alegria.
Ser amor de coração.
Inspirar justiça.
Viver e correr atras dos sonhos, da inspiração, dos projetos.
Buscar o entendimento das coisas.
Ser sempre da paz.
Orar em agradecimento das dádivas recebidas.
Buscar o que te faz bem e aos outros também.
Amar!
Pintar o mundo com as cores que te der na telha.
Estar sempre jovem.
Viver é. Ser sempre verdadeiro.
É constantemente redescobrir as coisas belas da vida lembrando que o sorriso é o idioma universal.
Ouvir musicas que acalmem a sua alma.
Desacelerar e aproveitar o tempo, cada pequeno momento de prazer.
Lembre-se: o final não existe.
Tudo é um eterno recomeço.
Viver é simplesmente ver a vida com o coração."

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Friozinho


Socorro!!! Friozinho, chuvinha...isso pede:

Cobertor
Cama
Chá quentinho ou Chocolate quente
Um bom filme
Pipoca
Um belo cobertor de orelhas....
Delícia...

Tenham um ótimo final de semana.


sexta-feira, 3 de julho de 2009

Mudanças!!!



Parar de fumar, fazer ginástica, emagrecer.

Trabalhar menos, não trabalhar, arranjar um trabalho.

Estudar inglês, espanhol, francÊs, italiano, alemão, japonês.

Comer melhor.

Aprender a dizer sim, aprender a dizer NÃO.

Guardar dinheiro, ir ao dentista, terminar o tratamento.

Cortar doces, massas e frituras.

Viajar mais.

Amar, se apaixonar, se desapaixonar.

Morar sozinho, morar com alguém, deixar de morar com alguém.

Trocar de carro, comprar um apartamento, uma bicicleta.

Andar mais a pé.

Sair para dançar, sair com os amigos, ficar mais em casa.

Fazer um check-up, arrumar o armário, ir ao cinema.

Casar, casar de novo, casar mais uma vez.

Ter um filho.

Mudar de emprego, mudar de escola,mudar de vida.

Não importa o que você queira mudar, mude;mudar é bom, mudar faz parte da vida.

(por Kathlen Heloise Pfiffer)

quarta-feira, 1 de julho de 2009

MEU NOME NÃO É JOHNNY!!!

Faz tempo que estou para postar sobre esse filme. E chegou a hora.
E fiz questão de postar porque esse um história que vale apena gastar 2 horas para apreciar.

O que mais me deixou cativada é que nesse filme mostra, que todas as pessoas merecem uma segunda chance e que podem ser recuperadas das DROGAS. Desistir é muito fácil o difícil é persistir.

“O verdadeiro lugar de nascimento é aquele em que lançamos pela primeira vez um olhar inteligente sobre nós mesmos (...)” Marguerite Yourcenar

Este foi o cartão de Natal enviado pela juíza Marilena Soares a João Guilherme Estrella em dezembro de 1996. Ele, que na adolescência tinha sido o típico garoto da zona sul carioca, na idade adulta havia se transformado no maior vendedor de drogas do Rio. Preso em 1995 e aguardando julgamento, João já havia percorrido, e ainda percorreria, um longo caminho para, finalmente, entender o que realmente continham aquelas palavras da juíza que era considerada uma das mais rigorosas do País.

É a trajetória deste João, que poderia ser a de muitos outros jovens no mundo.

A história de João Guilherme Estrella é real. Nascido em uma família de classe média do Rio de Janeiro, filho de um diretor do extinto Banco Nacional, ele cresceu no Jardim Botânico, freqüentou os melhores colégios e tinha amigos entre as famílias mais influentes da capital carioca. João era inteligente, carismático e popular. Viveu intensamente os efervescentes anos 80 e 90. E foi exatamente nesta época de aventuras e descobertas que acabou descobrindo também o universo das drogas. Sem jamais precisar pisar em uma favela, acabou se tornando um dos maiores traficantes do asfalto carioca. Foi preso em 1995. E, em vez das animadas festas que promovia, passou a freqüentar o banco dos réus e o submundo do sistema carcerário brasileiro.

João foi até o inferno. Mas voltou. Sua história é extraordinária e expõe as ilusões, os impasses e a dor da perda de limites em busca do prazer a qualquer preço. Sua trajetória expressa a maravilhosa capacidade humana de superação e transformação. Hoje João prepara o lançamento de seu primeiro disco solo como cantor e compositor, além de trabalhar como produtor executivo de shows e eventos e de ser empresário de artistas como Ivo Meireles, Funk na Lata, entre outros.

Premiações - Ganhou 6 troféus Oscarito no Grande Prêmio Cinema Brasil, nas categorias de Melhor Ator (Selton Mello), Melhor Atriz Coadjuvante (Júlia Lemmertz), Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Trilha Sonora Original, Melhor Edição e Melhor Som. Foi ainda indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Ângelo Paes Leme), Melhor Figurino, Melhor Maquiagem, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia e Melhores Efeitos Especiais.- Ganhou o prêmio de Melhor Filme no Festival de Cinema Brasileiro de Los Angeles.