quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

ECLIPSE !!!




Hoje vou falar exclusivamente do livro Eclispe...simplesmente maravilhoso...

O 3º livro da série Crepúsculo revela um triangulo amoroso entre Bella de Edward e Bella de Jacob... me delicie com esse romance, e não vejo a hora de continuar com Breaking Dawn.

Fiquei dividida entre o amor de Edward e o amor de Jacob.


O amor de Edward é um amor que vicia o qual ela depende para viver. Um amor incondicional, ela não pensa em nada além de viver para ele.


"Um presente passado", ele me lembrou duramente. Ele puxou meu pulso esquerdo pra longe da minha perna, e tocou a pulsei de prata só por um momento. Aí ele devolveu meu braço.

Eu o examinei cuidadosamente. No lado oposto de onde estava o lobo, agora balançava um cristal brilhante em formato de coração.

Ele estava cortado em milhões de facetas, então, mesmo com a luz fraca de saia da luminária, ele brilhou. Eu inalei em um ofego baixo.

"Era da minha mãe" Ele levantou os ombros num gesto implorativo. "Eu herdei muitas coisinhas como essa. Eu dei algumas pra Esme e Alice. Então, claramente, essa não é uma grande coisa de qualquer maneira".

Eu sorri sentidamente com a garantia dele.

"Mas eu achei que essa era uma boa representação", ele continuou. "É duro e frio" Ele riu. "E faz arco-íris na luz do sol".

"Você esqueceu da similaridade mais importante", eu murmurei. "É lindo"."O meu coração é igualmente silencioso", ele meditou. "E ele também, agora é seu".

"Eu não posso viver a minha vida! Eu não posso viver sem a minha alma!"
_________________________________ //____________________
O amor de Jacob é um amor quente como o sol. Que aquece nos dias de frio, nos dias de chuva, que a deixa com a sensação de ser criança...menina mulher...amor de amiga...de proteção.

“Mas eu teria sido mais saudável pra você. Não uma droga; eu teria sido o ar, o sol".

"Eu costumava pensar em você desse jeito, sabe. Como o sol. Meu sol particular. Você equilibrava bem as nuvens pra mim".

Ele suspirou. "Das nuvens eu posso cuidar. Mas eu não posso lutar com um eclipse".
_________________________________ //_____________________
"Não se preocupe, Bella, querida. Tudo vai dar certo".

"Eu não vejo como", eu murmurei.
Ele deu um tapinha em cima da minha cabeça. "Eu vou desistir e ser bonzinho". "Mais jogos?", eu me perguntei, levantando o meu queixo pra poder ver ele. "Talvez", ele riu com um pouco de esforço, e aí suspirou. "Mas eu vou tentar". Eu fiz uma careta.
"Não seja tão pessimista", ele reclamou. "Me dê um pouco de crédito".
"O que você quer dizer com 'ser bonzinho'?"

"Eu vou ser seu amigo, Bella", ele disse baixinho. "Eu não vou pedir por mais do que isso".
"Eu acho que é tarde demais pra isso, Jake. Como é que nós podemos ser amigos, quando nós amamos um ao outro desse jeito?"

Ele olhou para o teto, seu olhar estava atento, como se ele estivesse lendo alguma coisa que estivesse escrita lá. "Talvez... essa terá que ser uma amizade a longa distância".
­­­­­­­­­­­­­­­­______________________________ //___________________________
“E eu estava sozinho. Muito melhor. Agora eu podia ouvir o leve murmúrio das folhas secas embaixo dos dedos dos meus pés, o sussurro das asas de uma coruja acima de mim, o oceano - longe, longe à oeste - gemendo contra a praia.

Ouvir isso, e nada mais. Sentir nada além da velocidade, nada além dos músculos, tendões, e dos ossos, trabalhando juntos em harmonia enquanto os quilômetros desapareciam atrás de mim.

Se o silêncio na minha cabeça durasse, eu nunca mais voltaria. Eu não teria sido o primeiro a escolher essa forma a outra. Talvez, se eu corresse pra longe o suficiente, eu nunca teria que ouvir de novo...

Eu forcei mais as minhas penas, deixando Jacob Black desaparecer atrás de mim.”
Para os fãs de Crepúsculo...espero que gostem...

AMO MUITO TUDO ISSO!!!

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Sua Vida!!!


Hoje vou postar um texto indicado...pela Juliana Chaves...amiga de trabalho
Sua vida !!!

Quando sua vida começa, você tem apenas uma mala pequenina de mão... A medida em que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho, por pensar que são importantes.

A um determinado ponto do caminho começa a ficar insuportável carregar tantas coisas, pesa demais, então você pode escolher: ficar sentado a beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é difícil, pois todos que passarem por ali já terão sua própria bagagem. Você pode ficar a vida inteira esperando, Ou você pode aliviar o peso, esvaziando a mala.

Mas, o que tirar ? Você começa tirando tudo para fora... veja o que tem dentro: Amor, Amizade...nossa ! Tem bastante, curioso, não pesa nada... Tem algo pesado.... você faz força para tirar.... era a Raiva - como ela pesa !Aí você começa a tirar, tirar e aparecem a Incompreensão, Medo, Pessimismo... nesse momento, o Desânimo quase te puxa pra dentro da mala ....

Mas você puxa-o para fora com toda a força, e no fundo da mala aparece um Sorriso, que estava sufocado no fundo da sua bagagem....Pula para fora outro sorriso e mais outro, e aí sai a Felicidade... Aí você coloca as mãos dentro da mala de novo tira pra fora um monte de Tristeza...Agora, você vai ter que procurar a Paciência dentro da mala, pois vai precisar bastante....Procure então o resto: a Força, Esperança, Coragem, Entusiasmo, Equilíbrio, Responsabilidade, Tolerância e o Bom e Velho Humor. Tire a Preocupação também.

Deixe de lado, depois você pensa o que fazer com ela...Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo. Mas, pense bem o que vai colocar dentro da mala de novo, hein.Agora é com você. E não se esqueça de fazer essa arrumação mais vezes, pois o caminho é MUITO, MUITO LONGO, e sua bagagem, poderá pesar novamente.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Pessoas!!!!




"Daqui a cinco anos você estará bem próximo de ser a mesma pessoa que é hoje, exceto por duas coisas: os livros que ler e as pessoas que se aproximar."


Como disse anteriormente...amanhã é o lançamento do livro Eclipsi...ebaaaaaaaaaaaaaaaaa.....tanto tempo de espera...agora é só me deliciar com a continuação do romance de Edward e Bella....amo...muito tudo isso!!!!....


PREFÁCIO
Todos os nossos esforços no subterfúgio tinham sido em vão.Com gelo em meu coração, eu o assisti preparar-se para me defender. Sua intensa concentração não traía sinais de dúvida, apesar de ele estar em maior número. Eu sabia que nós não podíamos esperar por ajuda - nesse momento, a família dele estava lutando por sua vida tanto quanto certamente ele estava pelas nossas. Eu alguma vez descobriria o resultado daquela outra luta? Descobriria quem foram os vencedores e os perdedores? Eu viveria o bastante para isso?
As probabilidades disso não pareciam muito grandes. Olhos negros, loucos com sua ânsia feroz pela minha morte, vista no momento em que a atenção do meu protetor se desviasse. O momento em que eu certamente morreria.Em algum lugar longe, longe na floresta fria, um lobo uivou.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Agradecimento!!!!


Hoje o que posso fazer além de agradecer!!!

Esse final de semana...passei por momentos difícies....mas a vida é assim mesmo...um dia agente ganha...mas hoje eu posso dizer...que mais ganhei do que perdi...

Ganhei por saber que tenho um família M A R A V I L H O S A.... e não tem nada que possa compensar isso na nossa vida....Agradeço a cada um por cada gesto que foi feito para me ajudar no momento tão delicado em minha vida!!!

E agradecer também aos meus amigos pelo apoio moral que me foi dado...agradeços a todos de coração....

Que Deus continue iluminando a minha vida...a vida dos meus familiares e dos meus amigos!!!

Amo muito...todos vocês....


Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é efêmera,talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidadesque temos de ser e de fazer os outros felizes.

Muitas flores são colhidas cedo demais. Algumas, mesmo ainda em botão. Há sementes que nunca brotam e há aquelas flores que vivem a vida inteira até que, pétala por pétala, tranqüilas, vividas, se entregam ao vento.

Mas a gente não sabe adivinhar. A gente não sabe por quanto tempo estará enfeitando esse Éden e tampouco aquelas flores que foram plantadas ao nosso redor. E descuidamos. Cuidamos pouco. De nós, dos outros. Nos entristecemos por coisas pequenas e perdemos minutos e horas preciosos. Perdemos dias, às vezes anos.

Nos calamos quando deveríamos falar; falamos demais quando deveríamos ficar em silêncio. Não damos o abraço que tanto nossa alma pede porque algo em nós impede essa aproximação. Não damos um beijo carinhoso "porque não estamos acostumados com isso" e não dizemos que gostamos porque achamos que o outro sabe automaticamente o que sentimos.

E passa a noite e chega o dia, o sol nasce e adormece e continuamos os mesmos, fechados em nós. Reclamamos do que não temos, ou achamos que não temos suficiente.

Cobramos. Dos outros. Da vida. De nós mesmos. Nos consumimos. Costumamos comparar nossas vidas com as daqueles que possuem mais que a gente. E se experimentássemos comparar com aqueles que possuem menos? Isso faria uma grande diferença!

E o tempo passa...Passamos pela vida, não vivemos. Sobrevivemos, porque não sabemos fazer outra coisa. Até que, inesperadamente, acordamos e olhamos pra trás. E então nos perguntamos: e agora?! Agora, hoje, ainda é tempo de reconstruir alguma coisa, de dar o abraço amigo, de dizer uma palavra carinhosa, de agradecer pelo que temos.

Nunca se é velho demais ou jovem demais para amar, dizer uma palavra gentil ou fazer um gesto carinhoso. Não olhe para trás. O que passou, passou. O que perdemos, perdemos. Olhe para frente ! Ainda é tempo de apreciar as flores que estão inteiras ao nosso redor.

Ainda é tempo de voltar-se para dentro e agradecer pela vida, que mesmo efêmera, ainda está em nós.


sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

NÃO QUERO


Essas foram as melhores palavras que encontrei para simbolizar o dia de hoje.
Espero que tenhamos um bom final de semana!!!
E que estejamos novamente na segunda-feira com o coração aberto para novas experiências, novos desáfios. Esteja aberto e pronto para emitir sinais. E também para captar o que está no ar.
Beijos bom final de semana.


Não quero alguém que morra de amor por mim... Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando. Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade.

Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim... Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível... E que esse momento será inesquecível... Só quero que meu sentimento seja valorizado.

Quero sempre poder ter um sorriso estampando meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre... E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor. Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém... e poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.

Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho... Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento... e não brinque com ele. E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.

Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe... Que ele é superior ao ódio e ao rancor, e que não existe vitória sem humildade e paz. Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar, amanhã será outro dia, e se eu não desistir dos meus sonhos e propósitos, talvez obterei êxito e serei plenamente feliz.

Que eu nunca deixe minha esperança ser abalada por palavras pessimistas... Que a esperança nunca me pareça um "não" que a gente teima em maquiá-lo de verde e entendê-lo como "sim". Quero poder ter a liberdade de dizer o que sinto a uma pessoa, de poder dizer a alguém o quanto ele é especial e importante pra mim, sem ter de me preocupar com terceiros... Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas com esse sentimento.

Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão... que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim...e que valeu a pena!!!

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Melhores

Essa semana estou contando os dias para continuar a saga desse romance que me cativou no ano de 2008. O 3º livro será lançado no Brasil no dia 16/01/2009.

Com essa leitura voltei a ser adolescente e a sonhar com coisas impossíveis. A tanto tempo não sentia tantas emoções e sentimentos tão sinceros como desse romance que tem cativado pessoas de todo o mundo.

Uma obra rica em verdadeiros sentimentos e fantasias. Pessoas que com certeza resgataram seus sentimentos mais profundos, paixões adormecidas e amores impossíveis como do nosso casal mais perfeito.

Imagino que essa seja a história versátil e atualizada do nosso Romeu e Julieta. Um amor sincero cheio de mistério. Amizade sincera, acolhedora e confortante.

Quem começa a se deliciar com esse romance...com certeza jamais esquecerá de Edward e Bela!!



"De três coisas eu estava convicta. Primeira, Edward era um vampiro. Segunda, havia uma parte dele - e eu não sabia que poder esta parte teria - que tinha sede do meu sangue. E terceira, eu estava incondicional e irrevogavelmente apaixonada por ele". Bella Swan




"Não faça nada perigoso ou estúpido", ele ordenou, não mais imparcial. "Você entendeu o que eu disse?"Eu balancei a cabeça sem saída.Seus olhos se esfriaram, a distância retornou. "Eu estou pensando em Charlie, é claro. Ele precisa de você. Tome conta de sí mesma - por ele".Eu afirmei com a cabeça de novo. "Eu vou", eu sussurrei
.

"E eu te farei uma promessa em retorno", ele disse. "Eu prometo que essa será a última vez que você vai me ver. Eu não vou voltar. Eu não vou te envolver em nada assim novamente. Você pode seguir a sua vida sem mais nenhuma interferência da minha parte. Será como se eu nem existisse".
Eu nunca pensei muito sobre como eu iria morrer - achei que eu tinha motivos suficientes nos últimos meses - masmesmo que eu não tivesse, eu não iria imaginar assim. Eu encarei sem respirar através do longo aposento, dentro dos olhos escuros do caçador, e ele olhou agradavelmente de volta pra mim. Com certeza essa foi uma boa forma de morrer, no lugar de outra pessoa, outra pessoa que eu amava. Nobre, até. Que deve ser levado em conta pra alguma coisa. Bella Swan





Sem mais erros. Eu liguei o carro e depois suspirei enquanto ela desaparecia atrás de mim. Parecia que eu estava sempre correndo em direção à Bella ou correndo dela, nunca ficando no lugar. Eu tinha que achar um jeito de me segurar se algum dia nós tivéssemos um pouco de paz. Edward Cullen

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Amizade





Amiga eu não poderia deixar por menos....rsrsrs....
Depois da sua postagem...pra não ficar pra trás...vou dar uma palhinha do que se tornou a nossa amizade....

A nossa amizade na verdade começou depois que fui mordida por ela através do livro que mudou o nosso dia-a-dia (Crepúsculo vou comentar mais pra frente sobre o mesmo...rsrsrs....)...aliás...as nossas companheiras de mesas...querem nos matar....rsrsrsrs....Também amiga vamos combinar....como somos chatas....rsrsrsrsrsrs.....

Mas enfim...a Katia...é uma pessoa muito inteligente...esforçada...meiga...companheira.....seus passas tempos preferidos...vamos combinar...dez...dez....nunca deixa de ir ao cinema...ela come livros nunca vi igual.....(come chocolate tb...rsrsrs....) por causa dessa pentelha que eu voltei a ler...(aliás sou muito grata) ama bater perna em São Paulo...conhece de tudo um pouco. Gosta de viver simplesmente a vida livre como pássaro....blá...blá...blá...posso ficar falando o dia inteiro mas...vamos resumir...

Então me lembrei que amizade não se fala, não se escreve, mas se demonstra, no dia a dia, na luta diária, e percebo que você sempre está ao meu lado (literalmente)... tudo que posso lhe dizer e muito Obrigado por renovar sua amizade todos os
dias e me perdoe pelas vezes que não percebi que sempre me oferece uma nova amizade.


Beijos pentelha....


Que nossa amizade seja eterna enquanto dure....

"O amor é como o vento, não posso ver mas posso Sentir"


Hoje eu gostaria de indicar esse filme para todos. Ele é simplesmente maravilhoso, uma lição de vida... É uma história comovente que faz refletir sobre a valorização da vida e a maneira de viver...

O filme conta a comovente história de Landon (Shane West), o rapaz faz parte de um grupo muito popular da escola. Desajustado, agressivo e com problemas com o pai. Ele e sua turma fazem um trote com jovem que deseja entrar para o grupo. Como o jovem fica machucado depois de pular de uma rampa e cair em cima de um cano que estava d'água, os amigos fogem e London é pego pela polícia, dá uma desculpa e tudo termina com o jovem no hospital. Na escola London recebe um castigo por beber dentro da instituição, deverá participar de atividades de recreação, uma delas é participar de um teatro. É quando se apaixona por Jamie Sullivan ( Mandy Moore), uma menina que vive em outro mundo. Filha do pastor da pequena cidade é estudiosa, compenetrada e tem muita fé. É muito meiga, doce e gentil. Então Jamei conta par London que tem leucemia. Ele não a abandona pelo contrário a ajuda a passar por essa difícil etapa na vida da menina. Jamei tem um sonho presenciar um milagre, e presenciou ao ver o London se transformar em alguém com ética, responsabilidade e dignidade. Uma história emocionante que faz ter saudade dos romances inocentes que já não existem mais.

A trilha sonora do filme é bem agradável. Resumindo ele é bom do começo ao fim.

Lindo...maravilhoso...vale apena...
Beijos a todos!!!

Trilha Sonora :
http://www.youtube.com/watch?v=SqCavf6tGBM

Only Hope (tradução)
Composição: Mandy Moore

Única Esperança

Há uma música que está dentro da minha alma
É a música que eu tentei escrever de novo e de
novo
Estou acordada no frio infinitoMas você canta para
mim
Mais uma vez e mais uma vez

(Refrão)
Então eu abaixo minha cabeça
E eu levanto minhas mãos e oro
Para ser somente sua, eu oro
Para ser somente sua eu sei agora
Você é minha única esperança

Cante para mim a canção das estrelas
Da sua galáxia dançando
E rindo e rindo de novo
Quando sentir que meus sonhos estão tão longe
Cante para mim os planos
Que você tem para mim novamente

(Refrão)
Então eu abaixo minha cabeça
E eu levanto
minhas mãos e oro
Para ser somente sua, eu oro
Para ser somente sua eu
sei agora
Você é minha única esperança

Eu te dou meu destino
Eu me dou por inteira
Eu quero sua sinfonia
Cantando em tudo que eu soucom todo o meu fôlego
Eu estou dando o que tenho

(Refrão)
Então eu abaixo minha cabeça
E eu levanto
minhas mãos e oro
Para ser somente sua, eu oro
Para ser somente sua eu
sei agora
Você é minha única esperança

Hun...Hun hun hun hun uuuuuu uuuu

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Pensamentos

Relâmpagos... ou a difícil arte de escrever
Idéias são como relâmpagos. Como descargas elétricas, elas iluminam intensamente algumas regiões de nosso cérebro, mas o fazem por instantes tão rápidos que muitas vezes mal temos tempo de vislumbrar o que a claridade nos revela.


Na ausência de relâmpagos vibrantes, muitas vezes o nos que resta a fazer é mergulhar num abismo escuro à cata de tesouros perdidos. É quando a gente se revira pelo avesso em busca de algo que valha a pena destacar. Se não para os outros, pelo menos pra gente mesmo. Mas ao fim e ao cabo, o ato de escrever tem o fito de permitir a quem lê a descoberta de verdades conhecidas, só que por ângulos diversos e inovadores. Escrever, afinal, é sempre um ato de provocação. Se o conseguimos, ótimo. Caso contrário, o jeito é esperar pelas tempestades...

Primeira postagem...complicada...o que escrever, o que dizer e o que pensar...são tantas coisas....

Sem medo de perder...faz parte da nossa vida...perdermos e ganhamos.

Chega o final de ano, e a gente se projeta pro futuro de uma forma um pouco vacilante: por um lado, nosso espírito está voltado para a renovação, para investir em planos inéditos, combater nossas carências. É como se pudéssemos, de um dia para o outro, zerar o que foi vivido e nascer de novo.Por outro lado, temos dificuldade em dar essa zerada, porque isso significaria abrir mão de algumas coisas, libertar-se do que não está dando certo, e o desapego não é uma prática corriqueira entre nós. O ideal seria que o novo ano nos recebesse de portas escancaradas para que passássemos com toda nossa bagagem, porém a porta não é tão escancarada assim. Não dá pra trazer tudo com você. Principalmente se você está tão repleto de desejos novos. Para que possamos receber o novo, é preciso deixar pra trás desejos antigos, sonhos frustrados. É preciso estar disposto a perder. Como é que eu vou abrir espaço para novos acontecimentos e emoções na minha vida se consigo me despedir do que mudei no passado?Adeus ano velho. Foi ótimo, foi péssimo, foi fácil, foi difícil, me dei bem, me machuquei, teve de tudo. As emoções boas naturalmente irão se acomodar na minha mochila e vir comigo, e o que foi ruim pode ser transformado em aprendizado e vir também, mas alguma coisa terá que ficar pelo caminho. É como doar as roupas que já não usamos para poder liberar as gavetas.E tem as relações afetivas e amorosas que já não correspondem ao esperado. Você não vê mais graça em brigar, não quer se acostumar com a dor, com as agressões que o coração sofre, mas como deixar o ringue depois de tudo o que foi investido, de tanto sentimento que não foi inventado, mas que existiu de fato? Pra responder a essa questão e deixar como mensagem de fim de ano, “Meus votos para todos".


Abraços e até amanhã.

Espero que gostem.